Do tupi-guarani “y-mb-u”, que significava “árvore que dá de beber”, a resistência à seca é a principal característica do umbuzeiro, uma planta originária do semi-árido nordestino. É na raiz que se encontra uma espécie de batata que armazena água utilizada pela planta nos períodos mais secos.

A árvore, quando adulta, vive em média 100 anos e pode armazenar até dois mil litros de água em suas raízes.

O umbu destaca-se pelo aroma e pelo quanto pode ser consumido sem causar desconforto. Sua polpa tem ação energética e é rica em hidratos de carbono e vitaminas B e C.

Bastante apreciado in natura, o umbu é utilizado na fabricação de polpa, suco, sorvete, doce, geléia e uma grande variedade de produtos. Industrializado, o fruto apresenta-se sob forma de sucos engarrafados, doces, geléias, vinho, vinagre, acetona, concentrado para sorvete e polpa para sucos.