Originário da Guatemala, Antilhas e México, o abacate tem forma semelhante a da pera, casca áspera de cor verde ou violeta, caroço grande e liso, além de polpa macia, de sabor suave e gosto apreciado.

É muito cultivado, tanto pelo fruto saboroso, de grande valor nutritivo, quanto pelas folhas com propriedades diuréticas.

O abacateiro é uma das mais valiosas fruteiras existentes, por conter consideráveis porcentagens de gorduras, carboidratos e proteínas que facilitam o processo de digestão, eliminam dores e acabam com a prisão de ventre, além de um largo espectro de vitaminas, responsáveis por promoverem as reações químicas no organismo, gerando energia e contribuindo para a formação, o desenvolvimento e a renovação das células.

Por suas qualidades e por sua extrema suavidade ao paladar, o abacate é uma das frutas mais versáteis existentes, fonte de inspiração para incontáveis e variadas receitas. Pelo sabor indefinido de sua polpa pouco açucarada, pode ser consumido como iguaria doce ou salgada, de acordo com os hábitos e a cultura dos povos das regiões em que é cultivado.

No Brasil, a fruta in natura costuma ser consumida apenas em suas variações doces, em sobremesas ou lanches. A polpa do abacate em pedaços, amassada ou em creme, pode ser misturada com açúcar ou mel, batida com leite ou com o suco de outras frutas e bebida também como “vitamina”.